Tarifa Social - Eletricidade e gás natural

Tarifa Social - Eletricidade e gás natural

A tarifa social da eletricidade e gás permite que as famílias em situação de carência sócioeconómica tenham uma fatura energética mais reduzida. Se é beneficiário de uma prestação social ou tem rendimentos reduzidos, pode ser um potencial candidato a este apoio.

A tarifa social da eletricidade só está disponível para quem tenha um contrato de fornecimento em seu nome com uma potência contratada igual ou inferior a 6,9 KVA, destinado exclusivamente ao uso doméstico em habitação permanente. Além disso, é necessário que os clientes sejam considerados “economicamente vulneráveis” . Para esse efeito, devem beneficiar de uma das seguintes prestações sociais:

- Complemento solidário para idosos

- Rendimento social de inserção

- Subsídio social de desemprego

- Abono de família

- Pensão social de invalidez

- Pensão social de velhice

Podem ainda ter acesso a este desconto social os clientes que tenham um rendimento anual até 5 808 euros. Este valor pode, no entanto, ser acrescido de 50% por cada elemento do agregado familiar que não receba qualquer rendimento (até um máximo de 10).

 

A tarifa social de gáse natural está disponível para quem tenha um contrato de fornecimento de gás natural em seu nome, destinado exclusivamente a uso doméstico em habitação permanente, com consumo anual inferior ou igual a 500 m3 (1º ou 2º escalão); e que Recebam da Segurança Social uma das seguintes prestações sociais:
– Complemento solidário para idosos


– Rendimento social de inserção

– Subsídio social de desemprego

– Pensão social de invalidez

– Abono de família (primeiro escalão)

 
 
Para mais informações sobre a tarifa social e os seus requisitos:
 
 
 
 




Tarifa Social - Eletricidade e gás natural